10 curiosidades sobre Paola Carosella, a jurada do MasterChef Com quase um milhão de seguidores, Paola soma fãs pelo seu coração de manteiga, já que é constantemente vista chorando no reality gplus
   

10 curiosidades sobre Paola Carosella, a jurada do MasterChef

Com quase um milhão de seguidores, Paola soma fãs pelo seu coração de manteiga, já que é constantemente vista chorando no reality

Confira Também

A terceira temporada do MasterChef Brasil começou nessa terça-feira (15/03) na Band. Com mais de 25 mil inscritos e 500 testes presenciais, o programa aprovou 75 participantes para essa edição. São 34 mulheres e 41 homens. Cada um deles carrega diferentes personalidades e bagagens gastronômicas, no entanto, todos têm o mesmo objetivo: ser aprovado por aqueles que estão do outro lado da bancada, os jurados.

Em meio ao francês e o brasileiro (Erick Jacquin e Henrique Fogaça, respectivamente), lá está ela, Paola Carosella, a única jurada mulher do MasterChef Brasil é ainda a mais popular no Twitter

Com quase um milhão de seguidores nas redes sócias, Paola soma fãs pelo seu coração de manteiga, já que constantemente é vista, em diversos episódios do reality, chorando.

Nascida na Argentina em 1972, numa família de imigrantes italianos, Paola chegou inclusive a ser eleita chef do ano pela edição especial Veja Comer & Beber 2010, além de ter seu restaurante Arturito premiado como o melhor variado em duas oportunidades. 

Conheça 10 curiosidades sobre a chef mais popular da televisão brasileira:

1- Logo na estreia da 3° temporada do programa, Paola deu um show à parte, só que de lágrimas. A apresentadora não segurou a emoção ao ganhar um lenço com a bandeira do Brasil da candidata Vanessa, professora de dança do ventre, que usou uma receita de família para servir os jurados. Veja o vídeo

2- Paola Carosella mostrou apoio aos estudantes que ocuparam uma das escolas estaduais em São Paulo, a Fernão Dias Paes, no bairro de Pinheiros, e foi até o local cozinhar para os jovens. 

Nas redes sociais, a cozinheira falou sobre o seu envolvimento com a causa e se demostrou contraria à proposta do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), que previa o fechamento de 94 colégios no estado. 

3-  A Chef também colaborou com a ONG Make a Wish, que ajuda centenas de crianças com doenças graves a realizarem seus sonhos, ela fez um menu especial em seu restaurante para ser arrematado em um leilão beneficente.

4-  Em 2015, a chefe de cozinha foi eleita pela revista Vip uma das 100 mulheres mais sexy do Brasil

5- Paola Carosella já trabalhou como chef em 6 países diferentes, entre eles a França.

6- Em 2014 abri junto com meu sócio Benny Goldenberg o La Guapa Empanadas Artesanais e Café, um pequeno café de empanadas e doces latinos artesanais.

7- Paola Carosella convidou o participante Lucas para um estágio em seu restaurante, o Arturito. Lucas teria aceitado o convite e desaparecido sem dar a menor satisfação. Paola, que ficou bem chateada com a desfeita, deu uma bronca em Lucas no MasterChef especial de Natal. "Se você escolhe trabalhar com uma colega, levanta o telefone e avisa. Porque eu abri uma vaga na minha cozinha para você com as mesmas condições dos meus cozinheiros", esbravejou Paola. Quando Lucas começou a se explicar, ela disparou: "Zip it!"

8- Depois de duas temporadas, o programa líder de audiência na Band ganhou versão júnior em outubro e acabou ganhando polêmica devido a comentários contras as crianças que participavam. Paola escolheu o Twitter para se manifestar sobre a revolta contra a cultura do estupro que se seguiu à estreia do programa: “Pedofilia é crime. Denuncie Denuncie. Denuncie. Denuncie. Denuncie. Denuncie. Denuncie. Disque 100. Grite. Acenda a luz na cara deles”, escreveu.

9- Aos 43 anos, está apaixonada. Seu namorado, o fotógrafo irlandês Jason Lowe, mora em Londres. Apesar de só se encontrarem uma vez por mês, Paola acredita que isso não é ruim, já que “Estar perto o tempo inteiro deve ser insuportável.”

Paola divide seu tempo entre o programa de TV, os cuidados com a filha, Francesca, de 4 anos (do relacionamento com um arquiteto argentino que vive em São Paulo), e a cozinha dos restaurantes Arturito e La Guapa. Depois de tantos anos metida entre colheres e panelas, hoje prefere se dedicar a pensar sobre o ciclo da produção e consumo de alimentos. 

10- Em entrevista a repórter Natacha Cortêz da revista Trip, Paola se descreveu como sendo uma menina nerd durante a infância. “Eu fazia parte de um grupo de quatro meninos nerds. Deixei as meninas de lado; elas andavam de minissaias e cabelos penteados – a conversa era chata. Com eles era mais divertido. Nunca gostei de escola. Eu era enorme, me sentia diferente, parecia de outra espécie. E sempre me achei muito feia", diz a chef.