6 desafios para melhorar sua performance física de forma rápida Cris Senna, criadora do Desafio VIP 60, ensina a progredir no desempenho das atividades físicas com seis atitudes poderosas gplus

AreaH - Baixe grátis na Apple Store

AreaH - Baixe grátis na Google Play

   

6 desafios para melhorar sua performance física de forma rápida

Cris Senna, criadora do Desafio VIP 60, ensina a progredir no desempenho das atividades físicas com seis atitudes poderosas

Confira Também

Quem costuma treinar sabe que uma das maiores armadilhas contra a boa forma é estagnar em um determinado tipo de treino e notar que a performance parou de evoluir. O corpo precisa sempre de novos estímulos e diferentes movimentos.

Desenvolvedora do método Desafio VIP 60, a atleta e empresária Cris Senna foi proprietária de uma academia em Belo Horizonte. Nessa experiência, ela acompanhou as dificuldades de alunos para alcançar seus objetivos, e observou os fatores que atrapalhavam sua evolução.

Para romper com a estagnação, Cris propõe seis desafios para quem quer continuar a evoluir sempre, obtendo resultado cada vez melhor:

1 – Respeite seus limites
Muita gente apela para ações desesperadas quando se encontra em um "beco sem saída" nos treinamentos. No entanto, segundo Cris, o ideal é evoluir aos poucos, respeitando sempre os limites do próprio corpo.

"A atividade física é como uma escada: melhor ir de degrau em degrau do que tentar subir tudo de uma vez", aconselha a atleta. "Monte um esquema de treino com cronograma, e se esforce para seguir esse compromisso com empenho. Tentar pular etapas acarreta risco à saúde".

2- Largue o cigarro
Se você fuma, a hora de largar o cigarro é agora! Os fumantes têm potencial pulmonar reduzido e, ao parar de fumar, essa capacidade muda em pouco tempo. Para quem quer evoluir nos treinos, essa medida será um divisor de águas.

"A atividade física ajuda quem largou o cigarro, dando um estímulo extra para que o ex-fumante fique longe do vício. Eu imagino que esse seja um dos grandes desafios, mas o resultado também será grande. Estima-se que o cigarro pode diminuir até 30% da capacidade cardiovascular", diz.

3- Adote uma boa alimentação

Algumas pessoas não prestam a devida atenção à sua alimentação, e só sabem observar o valor calórico de cada alimento. "Mas comer bem não está relacionado apenas à redução de medidas. A alimentação influencia no humor e, consequentemente, na disposição para encarar um treino mais puxado."

Ao se alimentar antes dos treinos, evite comer demais ou os alimentos mais pesados -- isso pode causar náuseas e azia, e atrapalhar a performance física. Do mesmo modo, jejuar e sair para a academia também pode ser prejudicial e levar até a desmaios. "O desafio é comer com qualidade. Além disso, lembre-se de manter-se sempre hidratado."

4 – Durma bem
Tão importante quanto a comida, a qualidade do sono é um grande influenciador do desempenho nos treinos. Tem dores nas costas? No pescoço? Talvez seja a hora de observar seu colchão, seu travesseiro.

"Esse desafio requer que o praticante comece a conhecer o próprio corpo e perceber pequenas alterações físicas e psicológicas em seu corpo", conta. "Acordou diferente hoje? Descubra a origem desse desconforto."

5 – Adapte os treinos à sua rotina
Algumas rotinas diárias parecem fáceis de transformar, mas são desafiadoras. Sabe aquelas coisas que você faz sem pensar? Elas são duras de combater.

"Quem está sempre na correria e nunca encontra tempo para treinar, por exemplo, pode acordar 30 minutos antes do habitual. Garanto que esse tempo pode ser usado para praticar algum tipo de atividade física, mesmo que dentro de casa, ou em um jardim ou praça próximos", ensina.

6 – Monte estratégias para manter a motivação
Manter ou retomar o pique para treinar, quando você se encontra estagnado, é um grande desafio. Para evoluir no seu nível de treino, além da força de vontade, é possível usar a criatividade como aliada.

"Tire fotos para checar sua evolução, use apps fitness para acompanhar os treinos, coloque lembretes na geladeira", sugere Cris. "Nada melhor do que ter metas inteligentes. Pense: vou correr mais cinco minutos até o final de semana, ou vou aumentar dois quilos no supino até o dia 15".

"O desejo de ir além ajuda muito a se superar e progredir no nível de condicionamento físico e de dificuldade nos treinos", finaliza a atleta.