8 motivos para não deixar de treinar no frio Veja porque é importante driblar a preguiça nos dias mais frios e alcançar o corpo dos sonhos no verão gplus

AreaH - Baixe grátis na Apple Store

AreaH - Baixe grátis na Google Play

   

8 motivos para não deixar de treinar no frio

Veja porque é importante driblar a preguiça nos dias mais frios e alcançar o corpo dos sonhos no verão

Confira Também

O outono finalmente apareceu, mas a vontade de praticar exercícios sumiu. Ao menos, é o que alegam os praticantes, quando os parques e academias ficam vazios nesta época do ano. Aquela disposição que temos no verão some completamente, e é substituído pela vontade de comer fondues e tomar chocolate quente. 

Mas, ao parar de treinar assim que os termômetros baixam, você não desenvolve seu corpo e passa a ter um metabolismo de um atleta iniciante. Ou seja, pode ter resultados, mas jamais alcançará objetivos maiores.

De uma maneira geral, esta época é muito propícia para quem busca resultados de verdade. No frio nosso corpo gasta mais calorias para se manter aquecido e, desta forma, quem pretende eliminar alguns quilinhos, tem tudo para se beneficiar com as mudanças fisiológicas do corpo geradas pelo frio.

Para você que ainda está com preguiça de praticar exercícios, confira alguns motivos que precisam ser lembrados na hora de você abandonar o seu cobertor e calçar o tênis de corrida.

#1 – Disposição e bom humor: alguns estudos mostram que a endorfina é liberada até 48 horas após o treino. Quem treina constantemente, sente na pele os benefícios dessa reação em forma de bom humor e disposição ao longo do dia. Ou seja, quando mais treino, melhor você irá se sentir.

#2 – Não se prenda a uma atividade: para sair da mesmice, você pode buscar por outras atividades prazerosas, mas sem deixar a sua rotina de treino. Isso irá fazer com que você tenha mais facilidade para manter os exercícios em dia mesmo nessa época. 

#3 – Gripe? Aqui não: treinar no frio é mais um motivo para não ficar doente. Os exercícios fortalecem o nosso sistema imunológico e potencializam os mecanismos de defesa do organismo, fazendo com que nosso corpo combata de maneira mais eficaz doenças comuns da época, como gripes e resfriados. 

#4 – Sono mais tranquilo: pessoas que se exercitam ao menos três horas por semana, nesta época do ano, costumam ficar mais despertas durante o dia e têm noites mais gostosas e relaxantes, graças à intensidade dos exercícios aliada a disposição do corpo.

#5 – Não ganhe o que perdeu no verão: quem passa ao menos 15 dias longe dos treinos no frio, e descuida da dieta, reduz sua capacidade aeróbia e produção de endorfina. Logo, além de peso e moleza, você terá um bônus de irritação e stress durante o dia. Veja aqui como manter uma alimentação saudável no inverno.

#6 – Emagreça de verdade: com a temperatura mais baixa, o corpo vai precisar queimar mais calorias do que o normal, aumentando o próprio calor do corpo. Treinar nesta época é ótimo para ganhar bons resultados e estar em forma para o verão. 

#7 – Academia vazia: academia no verão é um verdadeiro formigueiro. Aproveite esta época, que as academia, parques e pistas de cooper se encontram mais vazias, pra realizar os treinos com mais calma, atenção e  sem necessidade de revezar um aparelho. 

#8 – Corpo definido o ano inteiro: esqueça o efeito sanfona. Quem continua o treino na época do frio fica com o shape bonito e a saúde em dia durante o ano inteiro. Por isso, não deixe que esses dias atrapalhem seus exercícios. Se houver necessidade, procure por auxilio médico ou do treinador e monte uma rotina que se adapte ao seu corpo nesta época.