Como manter hábitos saudáveis no verão Frutas da estação, atividades físicas, consumo de água e o uso de aplicativos são algumas das dicas de especialista gplus

AreaH - Baixe grátis na Apple Store

AreaH - Baixe grátis na Google Play

   

Como manter hábitos saudáveis no verão

Frutas da estação, atividades físicas, consumo de água e o uso de aplicativos são algumas das dicas de especialista

Confira Também

Uma das estações favoritas dos brasileiros, sem duvidas, é o verão. Com ele, costuma vir às férias, as viagens, a praia, o merecido descanso e, claro, o Carnaval. Delícias da vida que, no entanto, precisam vir acompanhados de cuidados especiais com a saúde e, principalmente, alimentação.

Para fazer uma boa reeducação alimentar, e consequentemente emagrecer, o ideal é sempre comer alimentos saudáveis que hidratam, nutrem e facilitam a digestão. Isso porque o consumo de alimentos gordurosos e muito calóricos dificulta a digestão, comprometendo parte da energia que o nosso organismo usa para manter a temperatura ideal do nosso corpo. O desvio dela, por exemplo, é o que nos deixa com mal-estar, principalmente em dias muito quentes.

Para curtir a estação sem culpa, Luiza Ferracini, nutricionista do Dietbox, app que conecta pacientes e nutricionistas a qualquer momento e em qualquer lugar, listou algumas dicas especiais para você que não quer se desviar do #projetoverão e manter hábitos saudáveis o ano inteiro. Confira.

Dica 1 – “No verão temos como vantagem a grande variedade de frutas da estação, que são sempre indispensáveis na alimentação. Devemos, então, aproveitar esse diferencial, pois esses alimentos são mais baratos, mais saborosos e possuem menos agrotóxicos”, comenta Luiza. Melancia, manga, maracujá, uva, melão e pêssego, são algumas das frutas recomendadas para consumo. 

Dica 2 – Como as férias e o verão podem comprometer os planos de quem quer ter uma vida saudável, é necessário tomar cuidado com as “beliscadas” ao longo do dia, pois normalmente são calorias não contabilizadas e que podem gerar um grande susto na balança. “Além disso, no verão aumentamos o consumo de bebidas alcoólicas, que deve ser bem controlado, visto que o álcool apresenta calorias vazias que muitas vezes não são contabilizadas no nosso balanço energético diário”, afirma a profissional.

Dica 3 – No verão a relação entre profissionais e pacientes costuma se distanciar por causa das férias: uma atitude vilã no processo de reeducação alimentar. O ideal, para evitar esses casos, é sempre estar com a dieta em mãos e conectado ao profissional, sendo que a forma mais fácil de fazer isso, nos dias de hoje, é com o uso do celular, por meio de aplicativos específicos.

Dica 4 – O verão é a melhor estação para cuidar do corpo, visto que temos mais disposição para realizar exercícios físicos e sentimos menos “necessidade” de ingerir alimentos pesados (como massas, molhos a base de queijo, entre outros). Aproveite esses benefícios para iniciar - e manter - uma alimentação saudável.

Dica 5 – Aproveite toda essa disposição também e tire as roupas de academia do guarda-roupas. Escolha uma atividade que lhe de prazer e procure sempre motivações para continuar praticando-a. 

Dica 6 – Como o verão é uma estação muito quente, perdemos muito líquido em forma de suor. Por isso, é muito importante não esquecer-se de beber bastante água ao longo do dia. 

Dica 7 – O sorvete, alimento comumente consumido no verão em função do calor, é rico em açúcar e gorduras que podem atrapalhar o processo de perda de peso. “Deve-se, então, trocá-lo por smoothies naturais, que são feitos de frutas congeladas e iogurte batidos no liquidificador, por exemplo. O resultado é tão refrescante quanto o sorvete e possui menos calorias!”, conclui Luiza.