‘Lente de contato’ dental: o tratamento para quem quer um sorriso brilhante Técnica também ajuda a corrigir imperfeições e evitar desgaste gplus

AreaH - Baixe grátis na Apple Store

AreaH - Baixe grátis na Google Play

   

‘Lente de contato’ dental: o tratamento para quem quer um sorriso brilhante

Técnica também ajuda a corrigir imperfeições e evitar desgaste

Confira Também

Foi-se o tempo em que as pessoas iam ao dentista apenas para corrigir sérias imperfeições ou fazer uma manutençãozinha. O serviço hoje é também bastante procurado por aqueles que querem, não só deixar a saúde bucal em dia, como exibir um sorriso esteticamente perfeito para todos. 

Mas, quem antes recorria ao clareamento para provocar tal efeito, hoje encontrou uma solução (quase) definitiva, que é a “lente de contato dental”, no qual muitos artistas, como Juju Salimeni, Neymar Junior e o ator Malvino Salvador, já adotaram e aprovam. 

De acordo com o cirurgião dentista e mestre em prótese dentária pela USP, Wagner Nascimento, as lentes de contato dentais são lâminas muito finas confeccionadas em porcelana. “São muito parecidas com o esmalte do dente e podem ser coladas neles de uma forma extremamente resistente”, afirma. “Elas são usadas somente na parte da frente dos dentes, aquela que mostramos ao sorrir”.

Para aderir ao tratamento, antes, é preciso fazer uma análise estética do paciente. “Atualmente não analisamos apenas os dentes, mas a relação deles com todo o rosto”, afirma. “Isso é importante para que se possa fazer um diagnóstico, não só da condição estética do paciente, mas do nível de saúde bucal do mesmo. É extremamente importante salientar que nenhum procedimento estético pode ser realizado antes de se conquistar a saúde bucal”, orienta o odontologista.

As lentes costumam ter entre 0,2 mm e 0,4 mm de espessura, e, segundo o profissional, após a confecção, elas são "coladas" (cimentadas) sobre os dentes, sendo um processo totalmente indolor. “Na maioria dos casos sequer há necessidade de anestesia”, afirma.

Ainda de acordo com o cirurgião dentista, a durabilidade das lentes depende de alguns fatores, principalmente dos cuidados posteriores do paciente. Porém, quando bem cuidadas, costumam durar dez anos, sendo indicada ainda uma manutenção semestral, para check-up

Qualquer pessoa pode colocar as lentes, mas, antes é preciso avaliar se há real necessidade. “Elas são indicadas para pessoas que necessitam corrigir a forma dos dentes anteriores, dentes da frente, por algum problema anatômico ou de posicionamento, e também para corrigir a coloração de dentes escurecidos por acidentes, tratamentos de canal, uso de medicamentos ou qualquer outro motivo”, explica Nascimento.

O profissional ainda ressalta que a coloração das lentes é irreversível – e não deixam os dentes muito brancos, com aspecto artificial, como muitos pensam. “Muitas vezes, antes de colocar as lentes, o paciente deve utilizar aparelhos ortodônticos ou modificar o contorno das gengivas para alcançar o resultado desejado”, esclarece. “E em alguns casos, há a possibilidade de se conseguir um resultado fabuloso com técnicas de clareamento e recontornamento dental: considerados mais rápidos, menos invasivos e menos onerosos, que preservam as características originais dos dentes”.

Ele também lembra que, após a instalação, é preciso ter controle com a ingestão de alimentos que promovam o aparecimento de cáries. “Depois de cimentadas, as lentes de contato dentais se comportam de forma muito parecida com os dentes naturais”, explica.

O valor desse procedimento, no entanto, é elevado: o serviço varia de R$ 1.500,00 a R$ 5.000,00 por dente. Assustou? Bem, segundo Nascimento, essa variação no valor está relacionada a diversos fatores, dentre eles, a indicação de cada caso e tipo de material utilizado.