Saiba como cuidar da sua pele no verão Especialista ensina a como manter a pele saudável durante a estação mais quente do ano gplus

AreaH - Baixe grátis na Apple Store

AreaH - Baixe grátis na Google Play

   

Saiba como cuidar da sua pele no verão

Especialista ensina a como manter a pele saudável durante a estação mais quente do ano

Confira Também

A estação mais quente do ano sempre promete calor intenso em diversas regiões do país. E, apesar de ser a época favorita da maioria dos brasileiros, ela exige cuidados redobrados com a pele e a saúde através de hábitos que devem ser adotados não apenas nos momentos de exposição ao sol, mas diariamente.

A exposição à radiação ultravioleta - concentrada nos raios solares - é a principal causa do câncer de pele, queimaduras e envelhecimento precoce da derme, além de oferecer outros perigos e incômodos que podem ser evitados com o simples uso de um protetor solar, cremes hidratantes e ingestão de água.

“Durante os dias quentes deve-se evitar exposições solares prolongadas, principalmente no horário das 10h às 16h”, alerta a dermatologista Danielle Aquino.

Para manter a sua pele bem protegida, e acabar com qualquer dúvida, confira agora algumas dicas importantes que devem fazer parte da sua vida para sempre se quiser ter sempre uma pele bonita e saudável nesta época do ano. 

#1 – MANTENHA A PELE LIMPA E HIDRATADA. Tomar pelo menos dois banhos diários é o suficiente para manter a pele devidamente limpa e livre do suor. Após o banho é importante passar um creme hidratante, pelo menos nas regiões onde a pele tende a ficar mais seca, como pés, joelhos, mãos e cotovelos. “O momento ideal para aplicar hidratante corporal é após o banho. É a hora certa para o creme ser absorvido pela pele”, ensina a dermatologista. Mas tome cuidado, banhos com água muito quente podem prejudicar a pele.

#2 – DE OLHO NA DEPILAÇÃO. Outro cuidado importante é não fazer a depilação no dia e também na véspera da exposição solar, porque isto pode causar manchas escuras e alergias na região depilada. O correto é que a remoção dos pelos acorra até 48 horas antes de expor sua pele ao sol. 

#3 – ROUPAS PARA PROTEGER A PELE. No verão é muito importante usar chapéu e roupas de algodão nas atividades ao ar livre, pois retêm até 90% da radiação solar. Tecidos sintéticos, como o nylon, retêm apenas 30%. Outro objeto que tem extrema importância são os óculos de sol, que previnem os olhos contra cataratas e lesões á córnea.

#4 – ALIMENTAÇÃO. As altas temperaturas também exigem hidratação de dentro para fora, portanto, aumente a ingestão de líquidos como água, suco de frutas e água de coco. “A alimentação no verão também deve ser rica em frutas, saladas e comidas leves, dispensando gorduras e frituras o máximo que puder. Tudo isso reflete na saúde da pele”, aponta Danielle. 

#5 – CUIDADO COM A MAQUIAGEM. Temperaturas elevadas, suor excessivo e umidade são alguns fatores típicos do verão que acabam com a duração da maquiagem e detonam qualquer visual, além de piorar casos de acne. Por isso, opte por produtos que contenham Fator de Proteção Solar (FPS) ou sejam oil free. 

#6 – FILTRO SOLAR. Ele deve ser usado durante todo o ano, mas o verão é o momento de intensificar seu uso. Os produtos com FPS 15 ou 20 podem ser usados no dia a dia, e o FPS 30 ou superior é ideal para uma exposição mais longa ao sol (praia, piscina, pesca etc). Fique atento aos rótulos, pois os produtos devem proteger sua pele contra os raios UVA e UVB. 

#7 – TIPOS DE PROTETOR. Você sabe a diferença do bloqueador solar para o corpo e para o rosto? Segundo Danielle, está na cosmética do produto. “O protetor para o corpo normalmente é mais oleoso e encorpado, para ser mais fácil de espalhar, enquanto o para o rosto é mais sequinho para diminuir a propensão à acne, oleosidade e dermatite seborréia”, considera.

#8 – DOENÇAS DE PELE. A combinação sol, praia, areia e piscina, mais o excesso de suor, elevam o risco de algumas doenças de pele comuns, porém desagradáveis, como micose, acne solar, brotoejas, manchas e sardas brancas. Caso sua pele tenha apresentado alguma dessas doenças, procure um médico especialista para lhe orientar sobre a melhor forma de tratar a doença.