Isotônicos podem causar obesidade e perda de dentes em crianças A maioria dos pais não sabe que os isotônicos, usados por atletas, é inadequado para crianças gplus

AreaH - Baixe grátis na Apple Store

AreaH - Baixe grátis na Google Play

   

Isotônicos podem causar obesidade e perda de dentes em crianças

A maioria dos pais não sabe que os isotônicos, usados por atletas, é inadequado para crianças

Confira Também

Os isotônicos são uma ótima pedida depois de um treino intenso. Docinhos e com sabores variados, repõem alguns nutrientes que nosso corpo gastou ao longo do exercício. Porém, saiba devemos deixar essa bebida aparentemente inofensiva longe dos nossos pequenos. 

Segundo uma pesquisa britânica, feita pela Universidade de Cardiff, crianças e adolescentes correm o sério risco de ficar com dentes enfraquecidos ou desenvolver obesidade ao consumir bebidas isotônicas com alto teor de açúcar.

Para chegar a este resultado, pesquisadores entrevistaram crianças entre 12 e 14 anos e constataram que 68% usam o produto pelo menos uma vez por semana. No entanto, a maioria dos pais não sabe que este tipo de bebida não é adequada para crianças, pois foram criadas exclusivamente para serem usadas depois da prática de "atividade física vigorosa".

O curso de Odontologia da Universidade de Cardiff, que publicou a pesquisa, entrevistou 160 crianças que vivem no sul do País de Gales. A entidade concluiu que os pequenos são atraídos pelos isotônicos por causa de seu sabor adocicado, preço baixo e fácil acesso. 

Ainda de acordo com o estudo, metade das crianças disseram usar a bebida isotônica mais socialmente do que após praticar esportes. Mas, o que preocupa ainda mais os pesquisadores é que um quarto das crianças afirma ingerir isotônicos em locais de recreação, perto dos amiguinhos.

"O propósito das bebidas isotônicas está sendo mal compreendido e esse estudo mostra evidências claras de que crianças em idade escolar estão sendo atraídas por essas bebidas de alto teor de açúcar e baixo nível de pH (ácido), que levam a um aumento no risco de cáries, desgaste do esmalte dos dentes e obesidade", afirmou Maria Morgan, pesquisadora de saúde pública focada em questão odontológica.

"Água e leite são suficientes para hidratar crianças ativas. Bebidas isotônicas para esportes com alto teor de açúcar não são necessárias para crianças nem para a maioria dos adultos", afirmou Paul Jackson, presidente da FSEM (Faculdade de Esporte e Medicina do Exercício), após a publicação do estudo. 

No caso dos adultos, para quem pratica atividades com duração de até uma hora o isotônico não é necessário. Em uma meia maratona, por exemplo, ou exercícios superiores prolongados e extensos, as bebidas isotônicas são indicadas como forma de manter uma prática esportiva segura - inclusive durante a atividade. 

Mas, se você ainda está com o pé atrás quanto aos isotônicos, opte pela água de coco. Ela funciona como um isotônico natural, rico em potássio e sódio, e que pode facilmente substituir os produtos industrializados. Além, é claro, de não fazerem mal à saúde dos seus pequenos.