Aplicativo promete facilitar comunicação entre pais e escolas infantis Ferramenta garante tranquilidade aos pais ao apresentar detalhes da rotina da criança e outros recursos diretamente no smartphone gplus

AreaH - Baixe grátis na Apple Store

AreaH - Baixe grátis na Google Play

   

Aplicativo promete facilitar comunicação entre pais e escolas infantis

Ferramenta garante tranquilidade aos pais ao apresentar detalhes da rotina da criança e outros recursos diretamente no smartphone

Confira Também

Qual foi a última vez que você checou a agenda escolar do seu filho? Sabemos que a rotina corrida dificulta a resposta para esta pergunta, embora, acompanhar a vida escolar do filho seja uma obrigação dos pais. Foi pensando em facilitar essa tarefa que uma startup brasileira criou o aplicativo Ualabí, que envia comunicados e anotações da rotina das crianças na escola para os pais.

Segundo o diretor de marketing e vendas da startup, Eduardo Arcon, as escolas sofrem com problemas de extravios de agendas e, até mesmo, com a falta de leitura dos comunicados anexados aos pais. “Com Ualabí, o histórico das informações é eternizado e fica muito mais difícil dos pais esquecerem de acompanhar, já que há notificações diretamente em seu smartphone”, explica o profissional.

A ferramenta traz ainda outros benefícios importantes para o dia a dia da escola e dos pais. “Quem é pai sabe que deixar um filho na escola não é tarefa fácil. O coração fica apertado. Por outro lado, receber os filhos das pessoas é uma responsabilidade enorme. E a escola infantil tem que pensar e cuidar de todos com o maior esmero, prestando atenção no sono, na higiene, saúde, interação, ou seja, pontos importantes desenvolvimento da criança. E o Ualabí, entendendo estes dois universos, conecta escola e pais, transmitindo em tempo real todas as informações necessárias com relação ao bem estar e saúde dos bebês e crianças”, destaca Eduardo.

O app também oferece troca de mensagens privativas (evitando o uso informal de ferramentas como WhatsApp), suporte técnico e ganhos também em relação ao seu tempo de implantação. “Por funcionar na nuvem, as escolas não precisam investir em equipamentos caros nem em profissionais especializados em tecnologia”, garante Danilo Oliveira, diretor de tecnologia do Ualabí.

Disponível para versões Android e iOS para os pais, e desktop para as instituições de ensino, o objetivo da startup agora é atingir mais de 100 escolas e lançar novas funcionalidades relevantes, como, por exemplo, controle do uso e dosagens dos medicamentos das crianças.