Conheça a chia A semente originária do sul do México possui alto teor de fibra, oxidantes e Ômega 3 e é a mais nova aliada das dietas. gplus

AreaH - Baixe grátis na Apple Store

AreaH - Baixe grátis na Google Play

   

Conheça a chia

A semente originária do sul do México possui alto teor de fibra, oxidantes e Ômega 3 e é a mais nova aliada das dietas.

Confira Também

A semente de chia é a nova queridinha das mulheres na briga contra a balança. Assim como já ocorreu com a ração humana, a linhaça e a quinua, a nova oportunidade de entrar em forma e ter mais saúde é acrescentar a semente em seu cardápio. A chia é originada da planta Salvia hispânica e pode ser encontrada no sul do México. Segundo Thais Souza, nutricionista da Rede Mundo Verde o alimento era consumido pelos astecas mexicanos e habitantes do Sul da Califórnia e do Arizona. “Essas populações faziam uso da chia como suplemento alimentar para aumentar a resistência, a energia e a força necessária para aguentar condições extremas como calor intenso, escassez de água e comida”, conta ela.

A semente de chia apresenta um alto teor de fibras, que promovem saciedade. Ao entrarem em contato com o estômago, essas fibras formam uma espécie de gel que dilata o estômago. “Estudos apontam que o consumo da chia pode ajudar na perda de peso, pois auxilia na redução do apetite. Este “gel” irá aumentar o volume do bolo fecal, facilitando a eliminação das fezes e melhorando o funcionamento do intestino”, explica Thais.

Além disso, essa sementinha também possui mais proteína que outros cereais como milho, arroz e trigo. “Os vegetarianos, por exemplo, podem se beneficiar do alimento, pois ele complementa o fornecimento de proteína, que é tão importante para o bom funcionamento do organismo”. A chia também possui cálcio e, por isso, é indicada para quem sofre de osteopenia e osteoporose. Ela pode auxiliar também crianças e gestantes, já que o mineral é importante para a formação da massa óssea.

Se você pensa que os benefícios pararam por aí, está muito enganada. Depois de tudo isso que foi dito, ainda falta pontuar que a chia possui ômega 3, um ácido graxo essencial para o bom funcionamento do coração e todo sistema circulatório e que ajuda também a evitar doenças crônicas e inflamatórias.

Hoje já é possível encontrar o alimento na sua forma natural, de semente, e até mesmo em óleo. Para que todos os benefícios citados sejam sentidos, a nutricionista indica o consumo de 1 a 2 colheres de sopa ao dia da semente. Caso você prefira o óleo, o ideal é utilizar de 2 a 3 colheres de sopa ao dia. “Podem-se incluir os dois produtos na alimentação, desde que sejam respeitadas as quantidades recomendadas", diz ela.

A semente de chia também é isenta de glúten, portanto pode ser utilizada por indivíduos que apresentam doença celíaca. Para obter os resultados esperados, entenda-se emagrecer, ela deve ser consumida como um complemento de uma dieta saudável.

Uma boa forma de incluir a chia no seu cardápio, e se aproveitar de todas essas maravilhas, é introduzi-la em sucos, vitaminas, iogurtes, frutas ou mesmo no preparo de pães e bolos. Para te ajudar nessa, pedimos para a nutricionista Thais elaborar algumas receitas com a chia:

Suco de Frutas com água de coco e chia
Ingredientes:
- 200 ml de água de coco
- Suco de 2 laranjas, de preferência orgânicas
- ½ maçã, de preferência orgânica
- 1 colher (sopa) de semente de chia

Modo de Preparo:
Bater todos os ingredientes no liquidificador. 
Rendimento: 2 porções
Valor calóricos: 67 calorias por porção

Salada colorida 
Ingredientes:
- 2 xícaras (chá) de brócolis, de preferência orgânico
- 2 xícaras (chá) de rúcula, de preferência orgânica
- 1 rabanete, de preferência orgânico
- 1 tomate, de preferência orgânico
- ½ cenoura, de preferência orgânica
- 2 colheres (sopa) de óleo de chia
- orégano e manjericão a gosto

Modo de Preparo:
Higienizar o brócolis, a rúcula, a cenoura, o tomate e o rabanete. Cozinhar o brócolis em água filtrada. Deixar esfriar. Cortar o brócolis, a rúcula e o tomate em pedaços pequenos. Ralar o rabanete e a cenoura. Misturar todos os ingredientes. Acrescentar o óleo de chia, o orégano e o manjericão.
Rendimento: 4 porções
Valor calórico por porção: 189 calorias por porção.

Muffin de chia com amêndoas
Ingredientes:
- 1 xícara (chá) de semente chia
- ½ xícara (chá) de amêndoas trituradas, de preferência orgânicas
- ½ xícara de açúcar mascavo
- ½ xícara de água filtrada
- 3 ovos orgânicos

- 3 colheres (sopa) de óleo de coco extra virgem
- 1 colher (sopa) de fermento químico em pó
- ½ colher (chá) de sal marinho

Modo de Preparo:
Bater as claras em neve e reservar. Bater o óleo de coco, o açúcar mascavo e as gemas. Adicionar a água, o sal, o fermento, a semente e as amêndoas, misturar com o auxílio de uma espátula. Untar a formas individuais para muffins e adicionar a massa. Levar ao forno pré-aquecido por aproximadamente 20 minutos ou até dourar. 
Rendimento: 15 unidades
Valor calórico por porção: 153 calorias

A semente e o óleo de chia podem ser encontrados na loja Mundo Verde.O preço médio da semente é R$ 26,30 e o do óleo é R$ 32,83, mas vária de uma loja para outra.