10 melhores filmes de terror para assistir e morrer de medo Cansou dos filmes de aventura e ação e quer testar sua coragem nos filmes de terror? Confira os 10 melhores que farão você tremer gplus

AreaH - Baixe grátis na Apple Store

AreaH - Baixe grátis na Google Play

   

10 melhores filmes de terror para assistir e morrer de medo

Cansou dos filmes de aventura e ação e quer testar sua coragem nos filmes de terror? Confira os 10 melhores que farão você tremer

Confira Também

Se cenas de sustos, tensão, sangue e horror te atraem mais do que os filmes de ação, os filmes de terror oferecem verdadeiras obras-primas do gênero para testar até o mais valente. São filmes que levam o espectador ao limite de sua coragem e sanidade, que os fazem se desesperar e que permanecem em sua mente mesmo após o término da sessão. Se você já teve a péssima experiência de lembrar de uma cena de terror justo na hora de deitar a cabeça no travesseiro, no escuro do quarto, para dormir, sabe do que estou falando.

VEJA TAMBÉM
> 10 Melhores filmes de guerra para você ver

Quer deixar os filmes de ação e aventura um pouco de lado e se colocar à prova em filmes feitos para assustar até o homem mais valente? Confira os 10 melhores filmes de terror que todo fã do gênero não deve deixar de assistir:

#1 CORRA! (2017)
Chris é convidado pela namorada, Rose, para passar um fim de semana na casa de seus pais, para que eles possam conhecê-lo. O comportamento acolhedor do casal para com o namorado é primeiramente interpretado pelo rapaz como nervosismo diante do relacionamento interracial da filha, até que aos poucos a verdade por trás da família se revela de forma surpreendente. Filmado em apenas 28 dias, esse filme de terror psicológico foge dos sustos fáceis para criar um suspense capaz de deixar qualquer espectador apreensivo durante a sessão. 

#2 O BEBÊ DE ROSEMARY (1968)
Baseado no romance homônimo de Ira Levin, o primeiro filme americano do diretor Roman Polanski conta a história do casal Rosemary Woodhouse (Mia Farrow) e Guy (John Cassavetes), que muda-se para um prédio habitado por pessoas estranhas. Grávida, Rosemary passa a ter experiências bizarras que colocam sua sanidade à prova, enquanto seu marido se envolve com um seita de bruxas que quer que sua jovem esposa dê a luz ao Filho das Trevas. Muito além do puro terror ou suspense, O Bebê de Rosemary é um filme artístico sobre uma conspiração satânica que a todo momento nos faz questionar o que é real ou não. Imperdível.

#3 DEIXE ELA ENTRAR (2008)
O solitário Oskar (Kare Hedebrant), um garoto de 12 anos, conhece Eli (Lina Leandersson), uma garota pálida que há pouco se mudara para a região. Os dois tornam-se bons amigos e, paralelamente, uma série de assassinatos começa a acontecer, deixando as vítimas sem sangue. O envolvimento de Eli com os casos envolve Oskar de uma maneira que o garoto nunca poderia esperar. Esse ótimo filme do diretor sueco Tomas Alfredson foi responsável por ajudar a revitalizar as histórias de vampiros, desgastadas por remakes desnecessários e franquias que descaracterizaram as criaturas.

#4 O BABADOOK (2014)
Seis anos após perder o marido, Amelia (Essie Davis) tem dificuldades para amar o filho pequeno, o rebelde Samuel (Noah Wiseman). O garoto sonha diariamente com um monstro terrível e, ao encontrar um livro chamado "The Babadok" na porta de casa, reconhece imediatamente a criatura que dá nome ao livre de seu pesadelo. Certo de que Babadok deseja matá-lo, o menino começa a agir irracionalmente, para desespero de Amélia. Diferente dos filmes de terror convencionais, O Babadook abre mão dos sustos fáceis para construir pouco a pouco o clima de tensão entre uma mãe solteira e seu filho.

#5 ALIEN: O 8º PASSAGEIRO (1979)
Pioneiro no gênero "terror no espaço", o filme de Ridley Scott cria uma história original na qual uma nave espacial recebe estranhos sinais vindos de um asteróide. Ao investigarem o local, um dos tripulantes é atacado por um estranho ser que se prende a seu rosto. O incidente dá origem ao embrião de um alienígena, que não para de crescer e que coloca a vida de toda a tripulação da nave Nostromo em perigo. Cabe então à tenente Ripley (Sigourney Weaver) lutar contra a criatura e salvar todos a bordo. Um filme que tornou-se referência para o cinema contemporâneo, Alien une terror e ficção científica de forma sábia, sintetizada com perfeição no slogan: "No espaço, ninguém pode ouvir você gritar".

#6 CORRENTE DO MAL (2015)
O filme conta a história da jovem Jay (Maika Monroe), adolescente que leva uma vida normal entre colégio, paqueras e passeios. Após uma transa, o garoto explica que era perseguido por uma entidade maligna que tentava matá-lo a todo custo, e que agora passaria a persegui-la a menos que a garota transmitisse a maldição a outra pessoa por meio do sexo. Por meio de uma trama simples - que usa da analogia da transmissão de DSTs para criar um filme de terror não convencional - a obra critica a relação da sociedade americana com o sexo, egoísta e vazio. Com um roteiro sutil que homenageia outras obras do gênero, Corrente do Mal é um filme inteligente que vale a pena assistir.

#7 A BRUXA (2015)
Na década de 1630, o casal William e Katherine leva uma vida cristã com suas cinco crianças em uma comunidade extremamente religiosa, até serem expulsos acusados de heresia. A família passa a morar num local isolado, à beira de um bosque. Quando o bebê recém-nascido da família desaparece, os membros da família passam por estranhos acontecimentos, principalmente os dois filhos mais velhos, Thomasin (Anya Taylor-Joy) e Caleb (Harvey Scrimshaw). Em uma linha de terror completamente contrária aos filmes que usam de jorros de sangue e sustos para contar uma história, A Bruxa constrói seu clima de terror aos poucos, com sutis sugestões que, na cabeça de quem assiste, torna a sessão uma experiência tensa de final surpreendente.

#8 O ILUMINADO (1980)
Durante o inverno, o escritor Jack Torrance (Jack Nicholson) aceita um trabalho como zelador no Hotel Overlook, acreditando que o isolamento irá ajudá-lo a trabalhar em seu novo livro. Acompanhado da esposa Wendy (Shelley Duvall) e do filho Danny (Danny Lloyd), Jack muda-se. Porém, o contínuo isolamento e frustração o tornam cada vez mais agressivo e perigoso, ao mesmo tempo que seu filho passa a ter visões assustadoras de acontecimentos ocorridos no hotel no passado. Eternizado pela perturbadora e macabra atuação de Jack Nicholson, O Iluminado é uma obra-prima completa, com fotografia impecável e trilha sonora que apenas agrega ao clima de suspense da história.

#9 A BRUXA DE BLAIR (1999)
Um dos primeiros filmes a adotar o modelo de filmagem do mockumentary (uma história falsa filmada como se fosse real) e found footage (gravações encontradas após o acontecimentos), A Bruxa de Blair conta a história de um grupo de estudantes de cinema que decidem embrenhar-se nas matas do estado de Maryland para fazer um documentário sobre a lenda da bruxa de Blair. Porém, à medida que os jovens avançam em seu trabalho, estranhos acontecimentos e aparições começam a acontecer. O filme todo é feito com supostas imagens que teriam sido encontradas um ano após esses acontecimentos. Um filme que se vale da imaginação de quem assiste para criar seu clima de terror e mistério, não é a toa que o filme permanece um clássico do cinema de terror quase duas décadas após sua estreia.

#10 INVOCAÇÃO DO MAL (2013)
Dirigido por James Wan, criador da franquia Jogos Mortais, e inspirada na história real do casal de investigadores paranormais Ed e Lorraine Warren (Patrick Wilson, Vera Farmiga), Invocação do Mal conta a história do caso no qual os dois foram chamados para investigar uma família que era aterrorizada por estranhos acontecimentos - desde presenças estranhas a hematomas inexplicáveis - em sua fazenda na década de 1970. Ao explorar a história da casa, descobrem que uma entidade demoníaca reside no local. Considerado por muitos fãs um dos melhores filmes de terror desde O Exorcista (1973), Invocação é um filme que honra os clássicos do passado para aterrorizar uma nova geração de fãs.